Notícias


ALL SET FOR LONDON


A feira britânica tem vindo a consolidar a sua posição de referência para a indústria têxtil internacional e para esta edição confirma uma vez mais a sua tendência positiva, com lotação esgotada!

A próxima edição do certame, que decorre nos dias 19 e 20 de julho, no Business Design Centre, conta com a presença de 15 expositores portugueses, que durante os dois dias de certame irão apresentar as principais novidades das suas coleções na expectativa de angariarem novos clientes, aumentarem as exportações e consolidarem a sua presença no mercado britânico.

6 DiasAlbano MorgadoBurel FactoryJ&F João FelicianoLemar – M.M.R.A. – Texser – Troficolor – Vilarinho – são as 9 empresas lusas que integram a comitiva portuguesa liderada pela Associação Selectiva Moda, no âmbito do projecto de internacionalização From Portugal.

Lara Braga, internacional comercial da 6 Dias, refere que «pretendemos reforçar a relação com os clientes que já cativamos de outras edições e criar novos contactos para construir novas relações comerciais. O mercado britânico foi o nosso ponto de partida para potenciar as exportações. Aqui fizemos excelentes contactos com potenciais clientes, que já estão a contribuir para o nosso reconhecimento noutros mercados». Na sua 3ª participação no certame a empresa portuguesa irá apresentar a coleção de inverno 2018/2019 para senhora, homem e criança. Em destaque uma seleção de prints e sublimados de acordo com as tendências FW18.19 e artigos para estação como pêlos, napas, fazendas, meltons, jacquards, rendas e bordados.

Pela 8ª vez em Londres, a Burel Factory irá apresentar um conjunto de novos padrões e de novas cores que são resultado de mesclas feitas exclusivamente pela marca. Destaque para os vários  tecidos de confecção da Lanifícios Império, também uma marca da Burel Factory, tweeds, tartans, meltons, buclés e as famosas flanelas. «Este mercado é bastante importante para a marca, não só pelo facto de ser um mercado com um clima ideal para as nossas peças, uma vez que todos os nossos tecidos têm a lã como fundação, mas também pelo facto de estarmos cada vez mais virados para a arquitectura e para os revestimentos interiores. Ora, se isto tudo parece novidade por Portugal, em Inglaterra e norte da Europa já há muito que é uma tendência que gostaríamos de explorar e mostrar que em Portugal se fazem muito bons tecidos que podem perfeitamente enquadrar no mercado tao competitivo e de tanta qualidade como o mercado de tecidos e de revestimentos britânico», explica Romeu Lebres, Marketing & Communication Manager da marca.

Para Elisabete Pereira, comercial da J&F João Feliciano, SA, especialistas na concepção e comercialização de tecidos de camisaria de alta qualidade e em fios tintos, as expectativas desta participação são positivas. «Esta é a nossa 4ª participação na feira, este é um mercado com boas marcas de renome internacional, daí a nossa aposta contínua nesta feira. Inglaterra tem boas marcas de renome internacional, por isso, resta-nos cativá-las da melhor forma e conseguir fidelizá-los». Flanelas com fios cortados e com acabamentos delicados e também novas qualidades dentro do programa de stock service, são alguns dos destaques.

Presente em Londres pela 8ª vez, a Texser apresenta a sua coleção para a próxima estação fria onde as flanelas e tipos de vyellas assumem um papel preponderante. «Este é um mercado tradicionalmente importante para nós, mas atendendo à saturação da oferta, procuramos manter a nossa quota de vendas através da singularidade do nosso serviço e de soluções à medida dos clientes», indica José António Ferreira, export sales da marca.

Especialista em denim, a Troficolor concretiza nesta edição a sua 6ª participação num mercado que considera bastante relevante para a sua estratégia de internacionalização. «O mercado britânico é muito relevante e tem uma forte ligação a Portugal, onde estão instaladas e sedeadas várias marcas internacionalmente reconhecidas. É também o “berço” de muitas novas marcas, como tal é muito importante estarmos bem implementados neste mercado. Aumentar, reforçar e solidificar a presença e as relações com o Reino Unido, são os nossos principais objectivos», sublinha Fátima Azevedo, export sales da marca.

Estão ainda presentes neste certame mais 6 empresas portuguesas: Gierlings Velpor - Quickcode – Riopele - Teias de Lona - TMG Textiles / TMG Knittings.

A participação destas 9 empresas portuguesas na The London Textile Fair, é uma ação do From Portugal 2017, uma iniciativa promovida pela Selectiva Moda e pela ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que visa promover a internacionalização das empresas portuguesas da área da Moda. O projeto From Portugal 2017 é co-financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, tendo um montante de apoio elegível de 12.422.824,75 €, dos quais 6.815.741,00 € são provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. 



[Ver todas as notícias]


« voltar

Adicione aos favoritos
Recomende este site
Política de Privacidade e Segurança
Perguntas Frequentes